Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘meteorologia’

As notícias ao longo da noite não foram sempre boas, no início deste domingo Lorenzo atingiu a categoria máxima na escala Saffir-Simpson: 5, contudo, pela madrugada voltou ao descer a 4 e a rota mais previsível deslocou-se um pouco para oeste afastando-se do Faial mas deixando as Flores mais exposto aos ventos mais fortes do vórtice do seu lado leste.

Lorenzo V2

Mantém-se a previsão de que o furacão irá atravessar os Açores com uma força próxima da transição de categoria entre 1 e 2, pelo que tudo aponta que seremos atingidos e algumas ilhas provavelmente muito intensamente.

Lorenzo T2

O mar continuará alteroso podendo atingir ondas perto de 17m de altura nalgumas ilhas e baías, neste momento perspetiva-se o pior cenário para a ilha das Flores.

Lorenzo2

Este evoluir obriga a seguir com atenção os comunicados oficiais da Proteção Civil dos Açores e tomar as recomendações típicas destas situações.

Para acompanhar as atualizações mais centradas neste fenómeno seguir o site National Hurricane Center

Pode ainda obter informações no site e aplicação para smartphones Windguru

 

Read Full Post »

Os modelos apontam cada vez mais para que o olho do furacão Lorenzo passe entre as ilhas do Faial e das Flores, embora muito mais perto desta embora com ventos mais fortes na ilha Azul, neste momento a intensidade deste ciclone tropical é de categoria 3 na escala Saffir-Simpson, mas quando atravessar os Açores, na noite e manhã de quarta-feira 2 de outubro deverá ter uma menor força de transição de 2 para 1 ou menos e a enfraquecer.

LorenzoT 1

Neste momento estima-se que o Faial poderá ser atingido com ventos sustentado na ordem de 132km/h e com rajadas máximas até 171km/h de SSW, sendo que o crescimento da velocidade dar-se-á a partir de SSE e o decréscimo já a rodar para o quadrante W. A que se podem associar perturbações locais devido à interferência do vento, direção e o relevo, que podem nalguns casos ampliar os efeitos.

Lorenzo 1

O mar será alteroso, podendo afetar zonas costeiras baixas, uma vezes que as ondas podem atingir a altura de 16,5m vindas de SW, contudo, a exposição aos ventos, contorno do litoral e cota poderão implicar perturbações locais, ora ampliando o efeito, ora diminuindo, a que acresce a sobreelevação do nível do mar devido à baixa pressão no ar e as variações do nível da maré. Isto exige cuidados especiais a quem vive ou se encontra próximo da costa ou no mar.

Face a este cenário e possíveis incertezas, todos os Açorianos dos Grupos Ocidental e Central deverão tomar medidas preventivas e seguir as recomendações da proteção civil dos Açores.

Poderão seguir informações atualizadas nos mesmos sites que eu recolho: National Hurricane Center, Prociv e Windguru. Novas atualizações irão sendo dadas neste espaço.

Eu já comecei a tomar algumas medidas… e você?

Read Full Post »

Face ao que disse ontem à noite, quase tudo igual: trajetória a definir-se cada vez mais para perto das Flores e Corvo, sobre as ilhas ou um pouco a NW, o que melhora o cenário para o Faial face aos dias anteriores, mas retarda o momento da passagem dos ventos mais fortes no Grupo Central, ou seja o rabo do furacão como o povo lhe chama, que agora poderá ser mais pelo noite dentro ou madrugada fora.

Assim tudo aponta para termos algo típico de um dia de inverno ventoso, embora possam ocorrer chuvas por vezes intensas e risco de trovoada, tudo isto a desenvolver-se entre sábado e a manhã de domingo. Mantenho que devem acompanhar os comunicados da proteção civil ou NHC

Quanto à Joyce, os  modelos apontam agora que deverá passar a sul dos Açores sem afetar os Grupos Central e Ocidental. Menos uma preocupação.

Helene11

A partir de agora não se justifica novas atualizações sobre este tema, a não ser que haja mudanças de surpresa de última hora, é esperar, cumprir as medidas de segurança e manter a esperança que de facto nada de grave aconteça.

Read Full Post »

Ophelia

A probabilidade de o Faial e as ilhas do Grupo Central serem afetadas por ventos de intensidade ciclónica do furacão Ofélia é inferior a 5% e como a sua posição já é próxima das longitudes destas ilhas a previsão atual não deve ficar longe da realidade. Contudo chuva e algum vento mais fraco é altamente provável para este fim de semana, algo a que nós já estamos habituados.

Read Full Post »

Dada a importância das atualizações, a partir de agora estas far-se-ão para o topo deste post ficando as informações mais antigas para o fundo do texto.

Atualização dia 2/9/2016 15h00

A tempestade tropical Gaston intensificou-se ligeiramente, está agora com ventos de 110 km/h, com rajadas mais fortes, deverá passar nas próximas horas ligeiramente a sul da costa sul das Flores, mas deverá afetar as ilhas do Grupo Central, nomeadamente Faial, Pico São Jorge e Graciosa, com ventos fortes e possibilidade de chuva intensa.

gaston6a

Atualização dia 2/9/2016

Gaston deverá hoje atravessar os Açores, a sua rota desviou-se um pouco para sul passando entre as Flores e o Faial, no último comunicado do NHC os seus ventos haviam enfraquecido mais um pouco e eram na ordem dos 120 km/h com rajadas mais altas.

gaston6

Atualização 1/9/2016 15h00

Nada de significativo foi alterado em termos de rota, a previsão aponta para a ilha das Flores, os ventos continuam a diminuir, sendo na ordem dos 140 km/h, com rajadas mais fortes e deve começar a afetar os Açores na tarde de amanhã.

Atualização 1/9/2016 19h00

A previsão da rota presentemente é sobre a ilha das Flores, enfraqueceu ainda mais, possui agora ventos na ordem dos 150 km/h, com rajadas mais fortes, e tudo aponta que passe os Açores no final de sexta-feira como Tempestade Tropical.

gaston5

Atualização 1/9/2016 8h00

Nenhuma alteração significativa em relação à informação de ontem à noite, continua a trajetória mais próxima das Flores do que do Grupo Central e a tendência de chegar aos Açores como Tempestade Tropical.

Atualização 31/8/2016 21h30

No início da noite a boa notícia é que Gaston continua a enfraquecer, passando deixando a categoria 3 para passar a 2 e as intensidades de vento perto da sua zona central é de 165 km/h com rajadas mais fortes, a intempérie tem um raio de ação como furacão de 75 km e a sua aceleração em rota aponta para que chegue aos Açores na sexta-feira já como tempestade tropical.

Atualização 31/8/2016 15h30

Esta tarde pouca alteração houve em relação à anterior atualização em termos de rota, enquanto a sua intensidade diminuiu ligeiramente face a manhã, tendo agora junto ao seu centro ventos de 185 km/h com rajadas mais fortes e a sua deslocação acelerou podendo atingir os Açores já para o final de sexta-feira.

Gaston4b

ATUALIZAÇÃO 31/8/2016 10h

Uma ligeira deslocação para norte da trajetória perspetivada para a passagem do Gaton na região dos Açores face ao previsto durante a madrugada. No resto mantém-se, tal como toda a incerteza associada ao lugar por onde deverá atingir os Açores.

Post original abaixo

Gaston neste momento tem ventos na ordem dos 195 km/h e a sua rota estimada dirige-se para o Grupo Central, com passagem perto do Faial. Apesar de se prever que quando se aproximar dos Açores perca força e se transforme em Tempestade Tropical e a trajetória possa ainda mudar. Recomenda-se assim o seguimento das recomendações dos comunicados da Proteção Civil. Imagens do National Hurricane Center.

gaston4aGaston4

A partir de hoje todas as atualizações desta intempérie neste blogue serão efetuadas neste post para evitar dispersão de consultas.

.

Read Full Post »

Ainda é cedo para qualquer certeza, os dados obtidos ao longo da noite apontam que a rota do ainda furacão Gaston deverá passar cada vez mais a norte, agora sobre o Grupo Ocidental já sem a intensidade de furacão mas apenas de Tempestade Tropical. Mente Livre continuará a acompanhar o evoluir deste fenómeno meteorológico com atualização ao longo do dia e da semana, mas tal não dispensa os leitores de seguirem os comunicados da Proteção Civil.

As imagens abaixo são da NOOA/NHC

Gaston3

gaston3a

Atualização 1

A última atualização da rota de Gaston desta manhã, prende-se com uma inflexão da rota quando da aproximação do Grupo Ocidental que o leva depois a passar perto da Graciosa.

gaston3b

Atualização da noite

Gaston voltou a ter uma trajetória próxima da primeira da manhã, embora se tenha intensificado, o que já se esperava, mantendo-se a previsão de chegar ao Grupo Ocidental como Tempestade Tropical e prosseguir a sua rota a norte da Graciosa..

Read Full Post »

Ainda é cedo para se ter a certeza, pois só lá para o final da próxima semana é que o furacão Gaston se aproximará dos Açores, mas para já existe essa possibilidade de afetar o Arquipélago. Mente Livre, como nos casos anteriores, acompanhará o evoluir das informações deste tipo de fenómeno que costuma a preocupar estas ilhas desde o final do verão até meados do outono, mas tal não dispensa o acompanhamento das indicações da Proteção Civil.

Imagens abaixo do National Hurricane Center

Rota mais provável do furacão

Gaston1a

Zona de probabilidades de serem afetadas pelos ventos desta tempestade tropical

Gaston1

ADENDA 1

Na manhã de segunda-feira 29 a atualização aponta para um direcionamento do Gaston para o Grupo Central dos Açores, todavia é ainda muito cedo para qualquer certeza da continuação desta tendência.

gaston2

Atualização para o dia 29 à tarde, onde se observa uma tendência da rota se deslocar mais para norte do Faial.

gaston2b

Atualização da noite não mostra alterações significativas de Gaston, a passar entre Faial e Flores, embora mais perto desta. Chama-se a atenção que há muito que a previsão é que na passagem pelos Açores ele já possua características de Tempestade Tropical, portanto mais fraco.

gaston2c

Outra forma de visualizar a rota de Gaston

Gaston2d

Read Full Post »

Alex

Torna-se cada vez mais evidente a real ameaça do ciclone Alex sobre o Grupo Central, nas imagens desta madrugada da NOAA, que integra o departamento de furacões dos EUA, esta depressão deverá passar muito próximo da zona entre São Jorge e a Terceira, ao longo da madrugada de sexta-feira, com os primeiros efeitos a sentir ainda mais cedo ainda, mas estas tempestades são sujeitas a desvios de rotas, pelo que nenhuma ilha deste grupo e do oriental estão livres de serem atravessadas por ele e de serem mais ou menos afetadas por ventos ciclónicos e chuvas fortes.

Para já está com ventos sustentados de 110 km/h e rajadas mais fortes, ao longo do dia há que ir acompanhando a situação e seguir os comunicados da Proteção Civil dos Açores, infelizmente neste domínio os Estados Unidos tradicionalmente dão-nos informações mais rápidas que os serviços meteorológicos de Portugal ou dos Açores cujas atualizações das páginas costumam ser bem menos frequentes.

As precauções para este caso já são conhecidas dos Açorianos, é começar a pô-las em prática.

Post sujeito a atualizações em função dos dados que entretanto forem saindo.

Adenda 1

Aviso n.º 13 da Proteção Civil – Sobe o nível de alerta para vermelho em termos de vento e possibilidade de fenómenos extremos em termos de precipitação.

Adenda 2

Aviso n.º 14 – A situação a piorar: rajadas até 170 km/h e agitação marítima com onda no máximo de 18 m. 

 Alex atingiu a categoria de furacão

alex2

 Adenda 3

Furacão Alex com tendência a passar mais próximo do Faial do que previsto no início do dia, tal significa que todo o grupo central estará exposto a ventos da categoria de furacão.

Serviços da Administração Regional fechados nos Grupos Central e Oriental

ADENDA 4

Furacão Alex enfraqueceu e desviou-se para uma rota a passar junto à Terceira, assim sendo, a situação deve ser menos grave para o Faial do que o inicialmente previsto, mas chuvas fortes são prováveis, mas os ventos devem ser bem mais fracos.

Read Full Post »

Vento29122015

Imagem do Windyty

Não sei se são alterações climáticas ou não, mas que o vento não larga estas ilhas é uma realidade que nos persegue há várias semanas.

Como habitualmente, as atualizações e quantidade de informação e facilidade de observação das várias páginas internacionais de meteorologia parecem ser mais frequentes do que aquela que tem obrigação de ser, a do IPMA, não ajuízo valor da qualidade do conteúdo pois até penso que as primeiras também se servem da informação última. Para já, lá nos vão valendo os comunicados da Proteção Civil nos Açores, com mais laranjas e amarelos para a Região, devido aos ventos e agitação marítima/altura significativa das ondas.

Por isso prepare-se e siga a página do Serviço Regional de Proteção Civil e Bombeiros dos Açores, o significado das cores dos alertas estão numa tabela do lado esquerdo dos comunicados.

Read Full Post »

Não há concordâncias entre todos, o instituto do mar e da atmosfera apresenta a pior:

Céu geralmente muito nublado. Períodos de chuva, que pontualmente pode ser FORTE durante a tarde. Vento sul muito fresco a FORTE (40/65 km/h), tornando-se MUITO FORTE (65/75 km/h) com rajadas até 120 km/h e rodando para sudoeste.

Já o windguru, que tantos Faialenses seguem é mais suave:
Vento17dez15

Clique na imagem para aumentar

Existem dois picos de rajadas, perto das 5 horas de hoje à tarde com rajadas de 96 km/h para um vento sustentado de 65 km/h de sul-sudoeste, acompanhado de chuva intensa e outro pico amanhã de madrugada com ventos sustentados de 75 km/h e rajadas de 95 km/h de sudoeste, havendo uma ligeiríssima acalmia do vento entre estes dois períodos.

Outras aplicações na internet, como o windity, apontam algo mais próximo do windguru, de qualquer forma, é sempre borrasca forte que implica precauções e sobretudo cuidado com aquela aparente acalmia às primeiras horas da próxima noite é enganadora pois o vento contra-atacará novamente de madrugada.

vento17dez15v2

Clique na imagem para aumentar

Apesar de tudo, isto são previsões, esteja atento aos comunicados da proteção civil para alterações de última hora e acautele-se. Para já o alerta está VERMELHO.

Read Full Post »

Older Posts »

%d bloggers like this: