Feeds:
Artigos
Comentários

Posts Tagged ‘Festividades’

Feliz Páscoa

Páscoa

Momento do Fogo Novo integrado nas cerimónias do Anúncio da Ressurreição de Jesus que os Cristãos celebram na Vigília Pascal.

Feliz Páscoa a Todos

 

 

Read Full Post »

À primeira vista é bom que as irmandades do Espírito Santo do Faial, pelo seu papel histórico e cultural, recebam apoio municipal, mas os protocolos das 23 irmandades religiosas celebrados com a Câmara são fruto do ESMAGAMENTO financeiro e burocrático que o sistema político neste País e Região impôs ao controlar tudo o que mexe na sociedade. Quer seja uma empresa privada, um serviço público ou uma associação religiosa como esta, ou desportiva, cultural, etc., o polvo do poder político asfixia tudo, até se cair na tutela dos protocolos em nome da sobrevivência face às dificuldades que o regime impôs.

Ainda me lembro da festa de São João quando era livre e espontânea, milhares de Faialenses iam livremente divertir-se para o Largo Jaime Melo a projeção levou o dia a ser o feriado municipal, até que há poucas décadas tudo passou a ser oficializado e gerido pela Câmara Municipal, desde a simples fogueira, passando aos subsidiados grupos para manter as tradições, ao programa da romaria e a dança tradicional da chamarrita, até que com tanto controlo passou a uma celebração moribunda que sobrevive patrocinada oficialmente e deixou de ser a maior festa popular do concelho. Prova nefasta deste sistema de controlo.

Espero que a espontaneidade das festividades das irmandades do Espírito Santo não venha a prazo ter um destino semelhante e uma homogeneização fruto deste polvo que controla tudo é que é de iniciativa do Povo, até uma forma religiosidade popular que nem a Igreja Católica conseguiu domesticar a seu gosto nos seus tempos áureos de controlo social.

Read Full Post »

Espero que seja um período feliz o ano de 2017 que o mundo, Portugal e o Faial melhorem as suas condições de vida e económicas para permitir a esperança no futuro. Desejo que o discurso de Trump não atrumpalhe o mundo, que a dívida soberana não afogue Portugal e a pista da Horta garanta vir ter condições para do Faial se voar mais longe, com maior frequência e segurança.

Feliz passagem de ano 2016/17 e depois 12 meses sempre a melhorar para todos.

Read Full Post »

 

refugiados

A todos que, tal como José, também agora não encontram um lugar para acolher a sua Maria e o seu Jesus em segurança e digno, a todos os que se esforçam de algum modo para dar às Sagradas Famílias de hoje condições humanas de vida, até aos que se recusam acolher as vítimas das injustiças da atualidade, por medo ou mesmo egoísmo, e a todos os que lerem estes votos: desejo um Feliz e Santo Natal.

adoracao

Foto de acima Wikipédia, Imagem  de baixo: Adoração de Caravaggio

Read Full Post »

A Semana do Mar acabou e depois dos resmungos a meia-voz pelo encerramento do trânsito na Avenida Marginal da Horta, de se dizer timidamente de que os concertos no palco principal eram na generalidade uma miséria, da repetição da crítica de que as festas em terra deveriam mudar para a zona da Alagoa para não se incomodar tanto a cidade e de insistir que este programa está velho, gasto e sem inovação; a organização sabe que amanhã a maioria dos Faialenses perdoará todos os defeitos que há tanto tempo se arrastam e continuará despreocupada, pois tudo será esquecido para o ano se repetirem os mesmos erros.

Foi evidente que a Semana do Mar 2016 não bateu recordes de passageiros vindos de outras ilhas para o Faial (quase não se viam visitantes de fora à exceção dos turistas que casualmente estavam por cá nesta data) e se a Atlanticoline não favoreceu muito estas festas, também não vi Açorianos de outras ilhas descontentes por falta de viagens para a Horta nestes dias,  um sinal claro do desinteresse que estas festas geram nas outras terras dos Açores.

É verdade que se falou muito da tenda e parece que o Presidente da Câmara assumiu que investiu muito nesta que vai pela noite dentro até madrugada, o que não sendo novidade no programa terá tido um mais cartaz apelativo para a juventude este ano, só que o mesmo Presidente esqueceu-se que a maioria dos Faialenses participa apenas no programa até pouco depois da meia noite, por ter outras responsabilidades da vida adulta. Só que ele está consciente que os protestos desta maioria serão depois esquecidos não lhe farão mossa e por isso bem pode desprezar estas pessoas.

É certo que se diz que se poupou no cartaz do palco principal por a Câmara não ter dinheiro, mas gastou-se numa parolice de uma carpete vermelha com cerca de um quilómetro, mas a Organização sabe que a mesma maioria se deixa deslumbrar por coisa pouca sem ver a contradição de argumentos municipais em termos de despesas.

Enfim, acabou a festa, para o ano há mais e espero que nos encontremos novamente. Suspeito que não se vão corrigir nenhum dos erros deste ano ou atender às propostas de mudança na Semana do Mar, mas como será ano de eleições o cartaz talvez seja melhor, para o caso de algum Faialense mais reticente em deixar-se levar pela repetição dos erros e discursos de quem dirige esta festa esquecer e perdoar novamente tudo o que criticou em voz baixa.

Sobre o Festival Náutico já se sabe é o sucesso do costume. Felizmente!

Interessante os elogios que recebi em surdina pelas críticas inerentes ao artigo “Semana do Mar – Uma festa de Paróquia”, fico contente por um lado, mas fico triste por a maioria desses apoios não serem assumidos por essas pessoas às claras e, pior, por saber que depois  também perdoam quem assim insiste todos os anos nos erros e são estes no fim que ficam a rir de quem teve coragem para assumir em voz alta as críticas.

Read Full Post »

Sempre o tenho afirmado que mesmo com mau programa gosto da Semana do Mar, pelo convívio nas tasquinhas, pela festa do livro, pelo embelezamento da baía da Horta fruto do festival náutico e pelo encontro de amigos que curiosamente só os revejo nestes dias na avenida marginal.

A parte terrestre da Semana do Mar assemelha-se cada vez mais a uma mera festa de paróquia típica de qualquer aldeola de Portugal: concertos com os artistas mais baratos do mercado, tanto por já estarem ultrapassados pela idade e género de espetáculo, como por não alcançarem grande sucesso nas camadas jovens; uns comes e bebes tradicionais; feiras de bugigangas e convívio na rua. Nem falta a procissão, curiosamente um dos aspetos mais originais que até toca no mar e um dos mais esquecidos do programa, mas, tal como nas festas de paróquia, o pessoal não vai lá por fé e ignora o programa religioso.

Por isto tudo, com o tempo, a Semana do Mar deixou de atrair a juventude das ilhas mais distantes e passou a limitar-se a receber vizinhos que vêm cá à festa da terra que está ao lado em falta de melhor programa alternativo para passar o tempo nestes dias de férias e de calor e regressam a casa logo de madrugada.

Este ano que a Semana do Mar tem a sorte de não coincidir com a concorrente Festas da Praia, sempre com muito mais diversidade e riqueza programática, mas por cá organização nem aproveitou o facto para investir na Semana do Mar e assim marcar terreno e reconquistar juventude e Açorianos mais distantes.

Para o ano, já com festas novamente sobrepostas a concorrer, mas em ano de eleições, provavelmente, haverá mais brilho, habituados que estão a que o pessoal nem se aperceba da intenção eleitoralista e acredite que foi um investimento na Semana do Mar desinteressado.

Como se tornou habitual, a Semana do Mar em terra é de uma pobreza franciscana… mas eu vou à festa, até porque costumo estar nas festas da minha da minha Paróquia 😉

Read Full Post »

Benfica

Obrigado pelo 35.º Campeonato do Glorioso: Sport Lisboa e Benfica

Parabéns pelo melhor clube do Mundo

Agora comemorar um campeonato sofrido mas que valeu a pena pelo que o Sport Lisboa e Benfica conseguiu nesta época, um justo justíssimo merecidíssimo campeão e a melhor equipa por ter sido a que ao longo de toda o campeonato lutou e chegou ao fim com mais golos e mais pontos que todas as outras da Primeira Liga de Portugal.

35

 

Read Full Post »

Older Posts »