Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 26 de Outubro, 2017

Os fogos deste verão não só mataram muita gente e puseram a nu a incompetência da equipa de Proteção Civil, como também expôs preconceitos irracionais e meias verdades no BE. 1.º – Tiago Oliveira trabalhava nas celuloses de papel e foi nomeado pelo Governo para para a missão dos fogos florestais, mas isso não o impede nem valida de ser bom técnico; 2.º – o eucalipto tem muitos problemas ambientais, mas foi das espécies que proporcionalmente menos ardeu em Portugal este Verão.

Por muito que custe ao BE pode-se trabalhar por opção ou por oportunidade na privada e até mesmo em setores que também existem na pública e isso é independente de se ser melhor, pior ou igualmente competente e honesto que outro trabalhador de formação equivalente que por opção ou por oportunidade trabalha para o Estado na mesma área. O BE ao criticar António Costa por nomear para uma tarefa tão urgente como a da missão dos Fogos Florestais alguém que trabalhou até ao presente no setor das empresas de celulose apenas evidenciou um preconceito seu contra quem dinamiza a privada é um preconceito como qualquer outro que o BE normalmente com razão combate.

Criticar as empresas de celuloses por fomentarem em Portugal a floresta de eucalipto é uma argumentação ambientalmente correta, este provoca desequilíbrios ecológicos nos sistemas hidrológicos, ecossistemas biológicos e paisagem tradicional que devem ser evitados. Tentar ligar os fogos em Portugal à floresta de eucalipto é aproveitar a ignorância de muita gente para enviesar a verdade para vencer um debate, algo que se critica em muitos políticos. Bastava os Portugueses saberem que da área ardida neste País apenas 13% foi em eucalipto e que os terrenos que melhor enfrentaram os fogos foram os que estavam sob a gestão das empresas de celulose (porque interessadamente punham em prática ações corretivas algo que o Estado não fez nos seus terrenos) permite mostrar que o BE enferma dos mesmos defeitos de outros partidos que ele acusa de desvirtuarem a verdade.

Infelizmente não há santinhos neste debate sobre os fogos em Portugal, mas que há muita falta de ação que urge implementar… há. Isto para que nova catástrofe semelhante não se repita.

Read Full Post »

%d bloggers like this: