Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 12 de Outubro, 2016

Ontem, estava eu numa mercearia quando entraram candidatos a distribuir o seu programa eleitoral e material de campanha. Após as saudações habituais e saída uma jovem diz: “São todos iguais, vão para lá e fazem todos os mesmo.” Mas eu pergunto: Um jovem, um trintão ou até quarentão ainda se lembra de ter estado à frente do Governo dos Açores e da Câmara da Horta alguém que não fosse PS? Lugares cuja rosa preside já há 20 e 27 anos? Chavões como estes bloqueiam a reflexão e a análise da realidade e impedem qualquer mudança ou sã concorrência a quem pelo longo tempo no poder montou uma teia de cujo Faial se tem tornado na maior vítima no desenvolvimento.

Neste caso não importa qual o partido do candidato, mas sim a postura da cidadã que pior do que não acreditar neste ou naquele ou de estar desiludida, assume à partida uma postura acrítica e segue preconceitos e ideias feitas que se enraizaram sem refletir sequer que nem tem idade de ter experimentado outras alternativas e cujo seu comodismo de nem tentar algo diferente atrofia o motor da democracia: a existência de alternativas, a existência de alternância, a disputa de ideias e projetos e a possibilidade de apostar na diferença para viabilizar mudanças e concorrências que viabilizem o desenvolvimento de uma terra.

Infelizmente esta postura tem sido sabiamente aproveitada por quem há décadas se acomodou ao poder e sobrevive comodamente à custa da passividade de muitos Faialenses que deixam este marasmo em que a ilha caiu continuar instalado.

Read Full Post »

%d bloggers like this: