Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 20 de Agosto, 2016

O título deste post é o da notícia que o jornal diário “Incentivo” escolheu para descrever o comportamento da SATA perante a evolução meteorológica também exposta no artigo. Cito um excerto do texto do jornal para se compreender porque segundo esta informação se deduz que há algo de muito mal explicado na forma como a transportadora do Governo dos Açores mais uma vez maltratou o Faial.

“Às 16h40, hora prevista de chegada ao Faial, o designado teto, constituído por nuvens, situava-se a 1.000 pés. Apesar das condições de visibilidade e de vento serem favoráveis, o teto estava abaixo do limite que é, no Aeroporto da Horta, de 1.200 metros. As condições do tempo melhoraram. 
Às 19h00 o teto situava-se já a 2.500 pés. Provavelmente por essa razão o embarque, na Terceira, esteve previsto para essa hora, mas não se concretizou, sem que se conheça outra explicação. Às 20h00 o teto estava já a 4.000 pés e o avião permanecia na placa do aeroporto das Lajes. 
O pôr do sol, no Faial naquele dia registou-se às 20h44. Este dado é importante dado que a tripulação dos Airbus da SATA não está preparada para aterrar na Horta depois do pôr do sol, apesar da iluminação do aeroporto se encontrar há muitos anos certificada. 
A partir dessa hora o avião já só podia voar para Lisboa. Por responder, apesar das insistências do INCENTIVO, fica a pergunta: por que é que o voo não veio à Horta a partir das 19h00 e antes do pôr do sol? Entretanto esta novela de muitas horas gerou outros problemas com os passageiros e a SATA.”

Penso que não são necessários mais pormenores para se deduzir que algo anda mesmo a tramar o Faial…

Não posso acusar ninguém em concreto, pois ainda não percebi se esta estratégia tem origem no próprio Governo dos Açores, se na administração da SATA, se nos pilotos desta transportadora regional ou se em outro grupo qualquer… mas de algum lado ela há de vir e é bem maléfica para o Faial e tem de se investigar para se conseguir desmascarar e acusar os seus autores.

Parabéns ao jornal Incentivo pelo pormenor com que tratou a evolução das condições meteorológicas naquela tarde e local.

Read Full Post »

%d bloggers like this: