Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 14 de Julho, 2016

Segundo o Expresso, parece ter existido um engano na análise das contas pelo INE que resultou que o défice de 2015 passasse dos reais 3% para  3,2%, excedendo o limite permitido que está na origem da polémica das sanções, reforçando assim a ideia veiculada por Assunção Cristas que Portugal poderia demonstrar que o défice não ultrapassara o valor permitido.

A ser verdade esta boa notícia, esta tem um efeito perverso no comportamento político do atual Governo, pois reforça a ideia que pior do que a intransigência da UE tem sido mesmo o comportamento de António Costa que para acusar a credibilidade do anterior governo deixa passar a imagem de incumprimento das obrigações contabilísticas de Portugal expondo o País a multas.

Efetivamente se há um argumento que o Primeiro-ministro atual nunca refere é a possibilidade de as contas terem cumprido mesmo o tal limite de 3%, como tem sido invocado por Assunção Cristas, parece mesmo interessado em reforçar a ideia que Portugal falhou a meta imposta, o que seria maquiavélico, mas também deixa mal Passos Coelho por não defender com a mesma veemência a contabilidade do seu governo, que demonstra a inabilidade política comunicacional do ainda líder da oposição…

Para bem de Portugal seria bom que de facto tenha havido cumprimento, mas a ter havido erro tal desmascara uma estratégia maquiavélica de Costa e a inépcia de Passos para líder político.

Read Full Post »

%d bloggers like this: