Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 3 de Maio, 2016

Segundo a RDP-Açores, uma auditoria da Tribunal de Contas, este concluiu que a empresa pública regional SPRHI, da dependência da secretaria regional com a tutela das obras pública, apenas serviu para os Açores pedir dinheiro sem este ser contabilizado na dívida pública da Região, que em 2014 só nesta empresa já totalizava 173 milhões de euros.

Digamos que também para concluir isso não era preciso o Tribunal de Contas, qualquer Açoriano com um mínimo de inteligência sabe que foi precisamente para esconder dívida pública regional o que esteve na base da criação da SPRHI, já agora, depois também permitiu ocupar e contratar desempregados resultantes da destruição de emprego no setor privado regional devido ao polvo concorrencial do próprio Governo dos Açores, nalguns casos também serve para distribuir dinheiro de uma forma menos transparente a curto-prazo e, não menos importante, arranjar alguns jobs for the boys como chefes ou administradores.

A SPRHI praticamente não se distingue de outras empresas públicas regionais criadas para fins semelhantes, nomeadamente Ilhas de Valor, Azorina, SDEA entre outras, por onde as dívidas da Região vão sendo distribuídas ecrescendo, sendo o conjunto do défice real disfarçado com avales do Governo dos Açores.

Se não fosse assim, como poderia Sérgio Ávila dizer que o Governo dos Açores tem cumprido o défice quando na realidade a dívida pública dos Açores é uma manta de retalhos distribuída por estas empresas que as escondem como lixo debaixo do tapete?

Também há empresas publicas regionais que podem de facto acelerar a prestação de um serviço que a máquina não empresarial da administração pública não consegue: SATA, Saudaçor, Atlanticoline, entre outras mas todas elas cumprem também o objetivo de disfarçar a dívida pública regional.

O que eu queria de facto era um Tribunal de Contas eficaz nas suas descobertas, tempos a tempos manda um alerta ou uma denúncia deste género que na verdade parecem inconsequentes.

Read Full Post »

%d bloggers like this: