Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 14 de Abril, 2016

Lembro-me das várias vezes que o governo de Passos Coelho foi acusado pela esquerda de estar obcecado com a banca, de tentar levar que as dívidas privadas dos bancos fossem pagas pelo erário público ou seja pelas pessoas inocentes. Curiosamente, António Costa, depois da subserviência a Bruxelas no caso Banif, nos últimos tempos o seu discurso é uma obsessão com o crédito malparado da banca.

A ideia de banco mau para o resolver o problema dos bancos nacionais, mais tarde, de uma forma ou outra, refletir-se-á nas pessoas inocentes. A principal diferença em relação ao tempo de Passos é que agora muita da esquerda vê esta obsessão de uma forma expectante, dando o benefício da dúvida e silenciando a sua habitual crítica a esta possibilidade, um comportamento diferente do que fazia no passado, onde não havia qualquer tolerância.

Apesar da assinatura do acordo com Tsipras, António Costa está a parecer-me cada vez mais um catavento, onde de manhã é um esquerdista radical, à tarde de direita e à noite procura conciliar tudo e o seu contrário para calar as críticas… calmamente o Presidente da República limita-se com um discurso redondo a dizer que quer ajudar para que tudo corra bem, independentemente das incoerências que abençoa, mas a o rótulo de catavento neste já era antigo.

Read Full Post »

%d bloggers like this: