Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 2 de Março, 2016

Já se sabia do choque que seria o fim das cotas leiteiras na União Europeia, a esta juntou-se o boicote da Rússia aos produtos agrícolas desta União e já se suspeitava de que os Açores se tinham preparado mal para enfrentar este problema, agora quando os vencimentos dos funcionários públicos são repostos retira-se rendimento aos agricultores do setor leiteiro com a descida do preço do leite pelas fábricas de laticínios.

Os efeitos destas desta descida são vários em cadeia:

  • mais fuga de pessoas deste setor produtivo para procurar outro tipo de emprego, sendo que as alternativas são poucas mais que a já de si saturada função pública;
  • redução da produção de leite que abastecia as fábricas que por si já estão muitas vezes no limite inferior da sustentabilidade económica face aos custos constantes para uma menor capacidade de transformar e venda de produtos;
  • risco de aumento do desemprego, não só por saída direta da agricultura, mas também incapacidade de assegurar os postos de trabalho nas fábricas de laticínios;
  • custos sociais, não só para a subsidiação para manter as empresas agrícolas de produção e unidades fabris de transformação de leite, mas também subsídios de desemprego;
  • diminuição do PIB dos Açores reflexo direto da menos-valia do leite, como da rentabilidade do setor;
  • aumento da emigração dos Açorianos das ilhas mais pequenas onde as alternativas à terra são muito mais escassas.

Um cadeia de impactes económicos que assusta, suspeito que em ano de eleições tentar-se-á camuflar, mas como não vejo nenhuma estratégia de fundo para enfrentar este problema, depois a realidade pode ser mesmo de uma nova crise económica centrada mesmo nos Açores dado o peso do setor na Região.

Read Full Post »

%d bloggers like this: