Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 29 de Julho, 2015

Meu artigo de ontem no diário Incentivo.

ONDA DE DELÍCIAS ESTIVAIS

Tal como a banda a “A Fúria do Açúcar”, eu também gosto é do verão. A estação em que o Faial se veste de facto de azul, o período onde os dias são longos, mais frequentemente ensolarados e menos ventosos para permitir uns bons banhos de mar em águas quentes após o horário de trabalho e é ainda nesta estação que ocorre a Semana do Mar, que aproveito habitualmente para conviver com os meus amigos e sair à noite a gozar o fresco, a música e os sabores das tasquinhas e restaurantes, festa esta que arranca já no próximo fim de semana.

Este ano, segundo as estatísticas anunciadas, o verão tem sido acompanhado de um forte um crescimento do número de turistas nos Açores, posicionando-se o Faial no pódio das ilhas onde o aumento de dormidas tem sido mais significativo. É verdade, não sei porquê, que algumas pessoas ligadas à hotelaria da ilha têm-me confidenciado que a realidade não é tão brilhante quanto parecem ser estes números oficiais, mas não tenho elementos para questionar quem tem mais razão e ninguém me demonstrou a existência de manipulação destes dados. Por isso acredito que em termos turísticos este tem sido um bom verão para o concelho da Horta.

Como gosto de boas notícias e quando denuncio as más não é por vício ou interesse mas para se corrigirem as situações, assumo que fico satisfeito com este “boom” de visitantes e o bom posicionamento da minha ilha. Contudo, fico sempre com uma dúvida: se no Triângulo houvesse também a possibilidade de voos diretos de baixo custo, o vulgo “low-cost”, se estas estatísticas sobre o Turismo no Faial, Pico e São Jorge não seriam ainda bem melhores? Algo que por estes lados do canal pode até estar em parte comprometido tanto pela falta de vontade política de quem tem o poder, como também devido ao não cumprimento da promessa de governantes do Continente e dos Açores sobre o aumento da pista do aeroporto da Horta.

Ainda nesta onda de boas notícias, parece que a Escola do Mar deu mais um passo em frente, pelo menos foi divulgada a apresentação do projeto nos últimos tempos para a adaptação das instalações esvaziadas da Rádio Naval da Horta às necessidades deste novo estabelecimento de ensino especializado e a sediar no Faial.

É verdade que este passo não garante nada, mais avançada esteve a segunda fase da variante e todos sabemos que o Governo dos Açores, depois de a encolher e de a fasear, meteu a sua conclusão na gaveta. Tal como é verdade que o espaço da Rádio Naval só está vazio porque saiu de lá para São Miguel uma grande parte das valências que ali eram prestadas e não me esqueço, nem perdoo aos colaboracionistas desta retirada. Há ainda um silêncio comprometedor em torno do facto desta nova infraestrutura já ter sido alvo do anúncio da criação de um polo na ilha do arcanjo e não me esqueço que isto a vai partir a meio e reduzir significativamente a importância das instalações da Horta. Mesmo assim, se não houver nenhum outro recuo ou divisão, é um passo no bom sentido para valorizar a importância do Faial como centro de estudos marítimos.

Igualmente nesta boa maré têm surgido outras boas intenções, pois os candidatos faialenses a deputados na Assembleia da República por diferentes partidos têm defendido o reforço da importância de se concentrar na Horta as estruturas de estudo e investigação do mar, propondo o aproveitamento e a valorização do Departamento de Oceanografia e Pescas da Universidade dos Açores e do IMAR.

É verdade que de anúncios e boas intenções as campanhas eleitorais costumam estar recheadas e a credibilidade de levar à prática estas apostas políticas está em baixa, mas prefiro que se crie uma vaga favorável a esta pretensão, pois esta até pode alimentar reivindicações dos Faialenses após as eleições.

Assim, embora sem esquecer as perdas que já tivemos nos últimos anos e a probabilidade de algumas das intenções agora anunciadas serem mero oportunismo eleitoral inconsequente, na verdade em tempo estival e de férias, há mais turistas a animar as nossas ruas, há estatísticas a condizer e há promessas boas para a ilha de modo a ficar mais otimista e gozar mais descansado este calor com banhos e animações refrescantes na Semana do Mar que agora celebra 40 anos de história e por isto também está de parabéns. Pelo que, sem me fiar muito no que se diz e continuando atento para a eventualidade de me julgarem distraído, talvez possa fazer uma pausa nas preocupações e gozar o verão.

Aproveitem a Semana do Mar, cujo programa depois de tanto se falar de mudança, mudou de tal forma que no essencial ficou na mesma, logo já sabemos com o que podemos contar. Divirtam-se como a cigarra no verão… depois no outono há de se ver o que resulta desta boa onda estival…

Read Full Post »

%d bloggers like this: