Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 13 de Março, 2015

Financeiramente para a sustentabilidade da empresa SATA, tenho receios da viabilidade económica da imposição do Governo dos Açores para esta efetuar o encaminhamento gratuito de passageiros de qualquer aeroporto do Arquipélago para apanhar um avião de saída da Região ou para chegar à sua ilha após uma entrada nesta, mesmo que seja uma viagem com o exterior de baixo custo, vulgarmente denominada low cost.

Todavia, em termos de benefícios diretos de curto-prazo aos Açorianos, confesso que é uma decisão muito favorável para os residentes nas ilhas sem gateway ou aeroporto com destino low cost, apenas existentes em São Miguel e Terceira.

Contudo, a longo-prazo, também temo que esta medida tenha como objetivo criar dois aeroportos tipo plataforma de receção e redistribuição interilhas de passageiros nos Açores, esvaziando-se as restantes infraestruturas aeroportuárias da Região, deste modo, embora se pudesse chegar mais barato ao Faial, ao Pico ou a Santa Maria, que têm gateways, do que hoje em dia, as pistas destas ilhas ficariam destinadas quase exclusivamente a voos internos do Arquipélago e as nossas viagens para Lisboa e outros destinos far-se-iam essencialmente por São Miguel e Terceira.

Espero que não seja isto que esteja subjacente a esta medida, mas tal justificaria as razões dos eternos adiamentos às reivindicações da ampliação da pista da Horta, à não homologação dos pilotos da SATA para aterrarem no Pico e outras coisas semelhantes.

Para já e a curto-prazo, não deixa de ser uma medida com potencialidades para os agentes turísticos das ilhas mais pequenas do Arquipélago e para os seus habitantes, saibam uns e outros aproveitar ao máximo esta oportunidade, até por que esta seria a forma de contrariar o esvaziamento das infraestruturas localizadas nestas parcelas mais pequenas dos Açores e quiçá se tornarem mais dinâmicas no acesso ao exterior e apetecíveis a companhias de baixo-custo.

Read Full Post »

%d bloggers like this: