Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 12 de Março, 2015

Eu até concordo com uma coisa, que num serviço público os que mais ganham devem contribuir para os custos dessa prestação de uma forma que compense as despesas dos que não podem pagar e o conjunto fique financeiramente equilibrado.

Agora há uma coisa que em termos de justiça é imoral: os que mais pagam para um sistema sejam os que menos beneficiem das contribuições desse mesmo sistema.

O que o Governo dos Açores implementou no novo regime de deslocação de doentes inter-ilhas, com a indexação do valor das diárias a escalões de IRS, foi precisamente esta inversão de benefícios em função da contribuição para o sistema de saúde por parte do contribuinte.

Doravante, um Açoriano quanto mais desconta para o sistema de segurança social menos recebe se tiver de se deslocar como doente a outra ilha, é o princípio de pôr a classe média a pagar por si e pelos outros e a pagar novamente quando chega a hora de precisar dos serviços para os quais descontou e a receber menos ainda. Uma coisa é certa: É legal, é financeiramente compreensível, mas é uma forma pura e dura de austeridade para com a classe média e, sobretudo, um critério injusto para quem trabalha e se esforça para ter um salário do nível médio para cima na sociedade Açoriana.

Talvez por isso é que nos Açores tenhamos as maiores percentagens de rendimento mínimo do País, é que começa mesmo a compensar não querer ter um emprego com um salário acima da média na Região, pois a injustiça está a ser cada vez mais generalizada e legal nestas ilhas.

Read Full Post »

%d bloggers like this: