Feeds:
Artigos
Comentários

Archive for 21 de Maio, 2011

A melhor prova que de facto Passos venceu o debate com Sócrates não veio dos comentadores, habituados ao jogo de cintura na defesa dos seus pontos de vista e interesses, veio do Povo sem o filtro partidário: na sondagem da Católica 46,4% deram a vitória ao líder do PSD contra apenas os 33,9% que reconhecem o mesmo a Sócrates, número este muito próximo da percentagem eleitoral de apoio ao PS.

Todavia, quem viu o debate sabe que este decorreu sob a batuta do atual Primeiro-ministro, só que este assumiu o papel de um professor incompetente que apenas quer chumbar o aluno externo, Passos Coelho, numa prova oral. O líder do PS não estava ali para debater, só para chumbar aquele de quem tem medo que lhe venha a ocupar o seu lugar e foi este papel antipático que mostrou ao País que determinou a sua derrota, perante um aluno que se mostrou seguro de si, competente e conhecedor da matéria.

Sócrates, como há muito é notório, não tem nada de novo a propor aos Portugueses, limita-se a semear medo com todas as ideias diferente das suas, quando as dele já se provou estarem erradas e levam a maus resultados, mas não sai dali, já não consegue mudar.

Passos vence porque não chumba na prova oral de Sócrates e ainda demonstra que é competente, conhecedor das matérias e prova que há uma alternativa liderada pelo PSD, enquanto Sócrates está esgotado e nem é capaz de reconhecer os seus erros básicos para se corrigir.

Todos sabem que Portugal tem de mudar e com Sócrates nada muda. A mudança,  respeitando o acordo com a troika, só mesmo com Passos Coelho.

Read Full Post »

%d bloggers like this: